Especial Dia do Índio – Povos Nativos

Continuando com as nossas curiosidades do artigo anterior, hoje vamos falar um pouquinho das relações de alguns países do mundo com seus respectivos povos nativos. Para recapitular, nós brasileiros somos o único país que os denomina dessa maneira, além dos EUA que o fazem a pedido de seus povos originários. 

 

Canadá 

No Canadá os povos nativos são chamados de Ameríndios, inuítes (esquimós) e métis. As denominações índio e esquimó estão caindo em desuso no país, por respeito. Algumas ferramentas como de ponta de projétil, lanças, cerâmica, braceletes, cinzéis e raspadores marcam povos, culturas, tradições e períodos. 

 

Centenas de nações indígenas desenvolveram o comércio, hierarquias sociais e religiosas. A cultura dos Métis de sangue misto originou no século XVII quando as Primeiras Nações e Inuites nativos casaram-se com colonos europeus. Os inuites tinham um contato mais limitado com os colonizadores europeus, durante esse período inicial. Várias leis e tratados foram aprovadas entre os imigrantes europeus e as Primeiras Nações no Canadá. O direito aborígene ao autogoverno concedia direito de cuidar da saúde histórica, cultural, política e aspectos de controle econômico das comunidades. 

 

Rússia

Na Rússia podemos considerar três povos nativos, os Fino-úgricos, Komi e os Nenetses. 

Os povos fino-úgricos constituem um grupo linguístico histórico de povos da Europa que falam os idiomas fino-úgricos, como os fínicos (finlandeses e estonianos) e os úgricos (húngaros). As línguas fino-úgricas não têm qualquer relação com as línguas indo-europeias.

Étnica e geneticamente os povos fino-úgricos não são tão diferentes de seus vizinhos indo-europeus, cuja identidade genética distinta baseia-se em duas frequentes linhagens maternas menos comuns entre os europeus modernos: os primeiros Homo sapiens da Europa e o segundo, os ancestrais dos bascos, primeiros habitantes da Península Ibérica.

Os Komis são um povo que habita a parte norte da vertente ocidental dos montes Urais, os Nenetses são um povo de etnia samoieda que vive na Nenétsia, no norte da Sibéria.

 

Escandinávia

O povo lapão constitui o grupo étnico nativo da Lapónia, um território abrangendo partes das regiões setentrionais da Noruega, Suécia, Finlândia e da península de Kola, na Rússia. Os lapões são um dos maiores grupos indígenas da Europa, totalizando cerca de 70 000 pessoas, das quais 17 000 vivem na Suécia, 35 000 na Noruega, 5 700 na Finlândia e 2 000 na Rússia.

Falam um grupo de dez variedades linguísticas distintas denominadas genericamente de sámi ou lapão, pertencente à família das línguas fino-úgricas (do grupo linguístico raro no qual se encontram o finlandês e o húngaro).

Destas, seis possuem sua própria norma escrita. As línguas lapônicas têm um alto grau de parentesco, mas não são mutuamente inteligíveis, por exemplo, falantes do lapão do sul não são capazes de compreender o lapão do norte. Inicialmente referia-se a estas distintas línguas como “dialetos“, mas hoje considera-se esta terminologia incorreta, devido às grandes diferenças entre as variedades. A maior parte destas línguas é falada em mais de um país, devido ao fato de as fronteiras linguísticas não corresponderem às fronteiras nacionais.

As atividades tradicionais dos lapões são a caça, a pesca, a agricultura e a criação de renas. Esta última implica uma vida nômade, conduzida por uma minoria. 

 

Essas foram algumas das curiosidades que trouxemos para o dia do índio, mas se você quiser se aprofundar mais neste tema, abaixo estão alguns links usados para produzir este artigo. 

Veja também

Fique por dentro das nossas notícias

Vire o protagonista da sua história, este papel foi feito para você!...

Você é protagonista da sua vida?    Essa é uma pergunta que...

Melhore sua oratória em inglês!...

A boa oratória é sem dúvidas grande aliada de conversas delicadas ou...

Halloween tradicional festa americana: Conheça a verdadeira história...

Que o Halloween – ou Dia das Bruxas no Brasil – é...

Olá! Clique aqui e fale com um de nossos representantes via WhatsApp

Atendimento via WhatsApp